Pular para o conteúdo principal

Credenciais do Profissional de Alta Performance


A primeira credencial dentre muitas, destaco aqui, senso de responsabilidade. Segundo Jose Roberto Marques presidente do IBC, uma pessoa que possui senso de responsabilidade em seu trabalho é aquela que reconhece a importância de seus conhecimentos e colegas de trabalho, bem como de suas competências e habilidades para a empresa e está realmente envolvida com o trabalho, dedicando-se a fazer com que eles sejam cada vez melhores. O senso de responsabilidade faz do colaborador uma pessoa proativa, que se importa com o bom andamento dos processos, uma vez que se preocupa em entregar e fazer sempre o melhor trabalho, com os objetivos de contribuir, não só para o seu próprio crescimento, mas também para o crescimento da organização e das pessoas ao seu redor como um todo. Lembrando sempre que quando entrou na sempre assinou um contrato. Essa questão também deve ser considerada se você tem seu próprio negócio.  

Este é o tipo de profissional que tem visão organizada, ampla, ou seja, se importa com o todo e faz de tudo para executar suas atividades da melhor maneira possível, pois sabe que existem outras pessoas e profissionais que dependem do seu trabalho para que os processos corram conforme o planejado. Profissionais que não possuem responsabilidade se tornam colaboradores dependentes de seus líderes, além de se destacarem como pessoas limitadas e que não contribuem em nada para o progresso de sua própria carreira. Vale destacar, entretanto, que o senso de responsabilidade não tem relação nenhuma com o acúmulo de funções e tarefas. Afinal, não adianta nada ter responsabilidade com relação às questões coletivas e deixar suas próprias atividades em segundo plano, não é mesmo?

A segunda credencial, deve ter encontrado sua vocação. Vocação no latim é, “vocare” que significa “chamar”. É uma inclinação, uma tendência ou habilidade que leva o indivíduo a exercer uma determinada carreira ou profissão. Primeira pergunta, quais suas inclinações?! Sim! É uma competência que estimula as pessoas para a prática de atividades que estão associadas aos seus desejos de seguir determinado caminho. Segunda pergunta, o que te estimula a viver? O que estimula você a levantar todos os dias? Não pode ser só o dinheiro no final do mês. ter sonhos nos faz inspirar, nos dá significados. E no momento seus sonhos passa pela responsabilidade do contrato atual que você assinou, assim todo profissional responsável tem senso de responsabilidade, que permite novas oportunidades pela credibilidade que vai sendo construídaPor extensão, vocação é um talento, uma aptidão natural, um pendor, uma capacidade específica para executar algo que vai lhe dar prazer. Terceira pergunta, o que te dá prazer? O prazer tem a ver com satisfação em fazer o que dá sentimento de realização.

A terceira credencial tem a ver com motivação. A motivação é um impulso que faz com que as pessoas ajam para atingir seus objetivos, envolve fenômenos emocionais, biológicos e sociais e é um processo responsável por iniciar, direcionar e manter comportamentos relacionados com o cumprimento de objetivos, quanto a responsabilidade com origem no latim e que demonstra a qualidade do que é responsável, ou obrigação de responder por atos próprios ou alheios, ou por uma coisa confiada. Pense!!! Responsabilidade e motivação tem a ver com o entendimento do propósito de vida, e desenvolver nossa consciência a respeito da nossa missão de vida possibilita alcançar vôos mais altos. A motivação como impulso sendo esse vindo da consciência do gera em nós responsabilidade.  

A quarta credencial está intrinsecamente ligado a escala de valores, que é construída a partir da primeira infância. Nesse processo o inconsciente coletivo se encontra com o inconsciente individual, formando as bases de crenças, estabelecendo comportamentos. No ambiente corporativo, o que são, direitos e deveres? É de suma importância estar ciente ao assinar o contrato de trabalho junto a empresa. O não cumprimento dos deveres pode implicar na demissão por justa causa em alguns casos. O mais importante é que, não cumprir um contrato pode revelar muito do perfil profissional. Tendo ciência não somente dos benefícios, mas as responsabilidades que deverão ser cumpridas, ou seja, estejam por dentro das “cláusulas” do contrato e do “regulamento interno”. “É no desprezo dos pequenos deveres que se faz a aprendizagem das grandes faltas”. (Suzanne Necker)

Dentro desta questão quero falar um pouco sobre pontualidade. Pense! “Pontualidade é a qualidade de quem respeita o cumprimento de horários, deveres ou compromissos. Ser pontual se traduz em disciplina, responsabilidade, organização. Significa saber administrar o tempo de forma a cumprir datas e horários marcados”. (Site Bahia Glam) este foi um tema muito pedido para ser abordado nas empresas. A não pontualidade tem atrapalhado bons profissionais no cumprimento dos seus deveres. Alguns fazem do atraso um hábito. Quando o despertador do celular toca, indicando o horário de levantar, pressionam as funções “Soneca” repetidas vezes, até perceberem que estão no limite (ou um pouco além dele) do horário para sair da cama. Então, tomam banho correndo, saem de casa desesperados e no caminho para o trabalho não param de olhar para o relógio, como se pudessem desacelerar o tempo. Ao chegar atrasado mais uma vez, aquele profissional encontrará mais uma desculpa: a chuva, o trânsito, alguém que ele teve que socorrer uma pequena batida no carro ou sabe-se lá o quê. Imprevistos acontecem e atrasos também, mas quem os transforma em um hábito, terá menos chance de alcançar novos postos e novas conquistas em sua carreira. (Maurício Louzada)

A quinta credencial, também está relacionada a escala de valores, que é construída a partir da primeira infância. Como mencionei acima, nesse processo o inconsciente coletivo se encontra com o inconsciente individual, formando as bases de crenças, estabelecendo comportamentos. Ética e valores são códigos subjetivos de costumes e tradições. Quanto a ética, é um conjunto de atitudes e valores positivos aplicados no ambiente de trabalho”. A palavra "ética" vem do grego ethos e significa aquilo que pertence ao "bom costume", "costume superior", ou "portador de caráter". Princípios universais, ações que acreditamos e não mudam independentemente do lugar. Quanto aos valores, tem a ver com amizade, companheirismo, amor, amabilidade, caráter, compaixão, compreensão, comprometer-se, esperança, honestidade, humildade, igualdade, justiça, lealdade, não discriminação, não julgar, não violência, paz, perdão, respeito, responsabilidade, sinceridade, verdade, solidariedade, tolerância entre outros. Se me permite todos esses valores tem a ver com aperfeiçoamento do olhar sobre a vida, somente um ser que decide o caminho do bem, pode manifestar esses valores, independe do ambiente no qual foi forjado.

A sexta credencial tem a ver com comunicação. Uma comunicação clara facilita as relações, é fundamental para sua carreira e para a sua imagem como profissional. Muitas pessoas, no entanto, não sabem se comunicar de forma eficiente, assim geram muitos desentendimentos entre os colegas e nos negócios.

Três dicas essenciais na comunicação:
1.     Mantenha o foco da conversa, trate unicamente do tema em questão.
2.     Adote a atitude correta, não queira só falar, mas escute.
3.     Ouça o que o outro fala com verdadeira atenção. Essa é a parte mais importante da comunicação. Escute para entender. Não interrompa quem fala. Caso você não entenda o que o outro diz, pergunte!

Lembre-se: “Comunicação não é o que você fala, mas o que o outro compreende do que foi dito" (Claudia Belucci)

Por fim a sétima credencial, hierarquia. Sempre há alguém acima de nós e alguém abaixo e é adequado manter a ordem nesta hierarquia. Este respeito demonstra que se conhece o lugar que se ocupa e que, humildemente, se o aceita como o dos outros. Temos que aprender a nos fundir com os outros de uma forma clara, mas mantendo nosso lugar. Não respeitar a hierarquia mostra que se é imaturo. Não tente achar que você vai poder falar o que quiser na hora que bem entender. Um profissional que deseja crescer na carreira deve ter como princípio o respeito. Para isso, é fundamental aceitar as diferenças das pessoas, respeitar superiores e as regras da empresa.

Essas observações são apenas dicas dentre tantas outras que vão se fazendo necessário na medida que aperfeiçoamos nosso olhar sobre a vida. Essa postura de aprendizado continuo nos faz sermos melhores dia após dia. Sempre destaco que profissionais de alta performance se tornam por adquirir um conjunto de características ao longo do caminho, que os fazem ter equilíbrio em todas as áreas da vida.

Cezar Camargo
CBPSI N° 01085
Psicanálise | Mentoria | DH

Acesse meus links:

Comentários

As mais acessadas

RITMO CIRCADIANO - O CICLO BIOLÓGICO DOS SERES VIVOS

INFÂNCIA & FORMAÇÃO DAS CRENÇAS

OS 7 PERCADOS CAPITAIS E O ARQUÉTIPO DA SOMBRA