Pular para o conteúdo principal

Hábitos Para o SUCESSO


Imagem relacionada
Boa parte considera que a vida está bem, mas que podia estar melhor querem desenvolver suas competências rapidamente, se sentem perdidas e querem dar um rumo para sua vida, estão em fase de transição, querem superar desafios, têm sonhos, mas estão com dificuldades de realizá-los. Querem ir além, mas o medo e a frustração os impedem. Seja qual a direção que precise tomar, é importante entender que bons hábitos gerenciam e redireciona nossas ações com mais clareza diante dos objetivos. Quanto mais entendimento de si, melhor gestão terá sobre suas atividades. 

Para entender melhor minha linha de reflexão aqui, é bom lembrar que a frustração é uma sensação de incapacidade diante de obstáculos difíceis de ultrapassar, ocorre quando identificamos um erro entre aquilo que planejamos alcançar e o que realmente aconteceu, e o medo é um estado emocional que surge em resposta a consciência perante uma situação de eventual perigo. O medo é frustração tem suas chaves de compreensão nas crenças do indivíduo. Entender como se formou essas crenças é o primeiro passa para adquirir bons hábitos, em miúdos bons costumes, maneira de viver, comportar-se e de agir. Nesse processo são gerados novos entendimentos, é possibilitado renovação e inovação constante da percepção. Processo esse fruto da consciência sendo discernida. Isso é, mente em constante expansão. Na medida que é descoberto o que está oculto, a consciência vai sendo reconfigurada com base numa estrutura coerente e saudável a individuação. 

No meu entendimento o sucesso está na construção diária, no crescimento interminável. Se a vida é uma passagem, ela só pode ser aproveitando com a constante prática da análise, como já abordei em alguns textos do meu blog, é nesse ponto que se entende a importância do desenvolvimento continuo para uma vida intensa, mas leve, respeitando as limitações. O sucesso está relacionado com competição ou a conclusão de uma universidade e o entrar em uma grande empresa. Para o nível físico e filosófico, um evento é uma marca no tempo que podem diferenciar de outras mudanças. Sim! O sucesso marca um indivíduo em sua breve existência no tempo. Neste processo de desenvolvimento continuo para o sucesso, Jung uso o termo “Individuação”, para o ponto em que uma pessoa é finalmente capaz de integrar os opostos dentro de si – suas mentes consciente e inconsciente. Em miúdos individuação significa; “se tornar o que sempre foi em potencial, para cumprir seu objetivo original”. A individuação é um processo necessário de desenvolvimento da totalidade e, portanto, de movimento em direção a uma maior liberdade, uma mudança de status. 

Assim fica a pergunta, como você está se desenvolvendo em direção a sua totalidade?! #pense

Sim! A cada nível de percepção nossos hábitos ganha novos direcionamentos em relação aos objetivos. Muitos não querem se sentir ameaçados de suas posições, estão na zona de conforto. A zona de conforto é uma série de pensamentos que geram comportamentos que leva uma pessoa a não ter nenhum tipo de medo, ansiedade ou risco. Nesse ponto a existência perde suas cores, não há mais expansão da consciência, muito menos crescimento. Crescimento é resultado de autoconhecimento que gera autodesenvolvimento. Em tempo, lembre-se: “A cada novo entendimento nossos hábitos são alterados, é despertar da consciência constante na prática”. 

No passar do tempo, o sucesso é estar em paz consigo, e o material passa ser consequência de um conjunto hábitos. É neste ponto que a psique deixa de ser instável e acontece o domínio das emoções. Assim conhecer as bases de nossas crenças é o primeiro passo para a transformação continua de nossos hábitos. É entendimento para reconfigurar, é ir além da informação. É a aceitação coerente e franca a respeito da sua própria humanidade e o entendimento de fato do que é sucesso. 

Cezar Camargo - CBPSI – 01085
Psicanálise | Mentoria | DH

Acesse meus links:

Comentários

As mais acessadas

RITMO CIRCADIANO - O CICLO BIOLÓGICO DOS SERES VIVOS

OS 7 PERCADOS CAPITAIS E O ARQUÉTIPO DA SOMBRA

AOS CASADOS A DEVIDA BENEVOLÊNCIA

PSICANÁLISE & DH