O ESPETÁCULO DA VIDA


Uma das coisas mais extraordinárias nas relações humanas é conversar, ouvir, chorar, rir, estar em silencio às vezes, prantear o luto. Esta semana uma professora aposentada lembrando-se de sua mãe que faleceu recentemente parafraseou o poeta Suassuna. “A vida é um espetáculo sem direito a ensaio” O Ap. Paulo declara: “Somos espetáculo ao mundo” Na minha leitura: “A vida é um espetáculo somos protagonistas da nossa existência sem direto a duble”.   “A vida é um espetáculo, uma estreia diária não temos tempo para ensaios”, diz Aimara Schindler.  

Neste espetáculo aprendemos da forma mais dolorosa, pela dor, decepção, traição, rejeição, más escolhas, família desestruturada. Em tempo de adversidade os contra tempos desafia nossa potencialidade, nosso poder de reação. Alguns reagem rápido, outros precisam de um tempo. Todos os dias escrevemos um pouco de cada capitulo. Algumas cenas têm musica, outros não. Às vezes estamos acompanhados, na maioria a sós, no curso da existência a solidão ensina. A cada ato temos a oportunidade de crescer. Na medida em que o espetáculo se aproxima do fim amadurecemos. Quanto mais perto do fim, mais o espetáculo fica maravilhoso. Mais preparado estamos caminhando de glória em glória a estatura do varão perfeito.

Jesus o Cristo diz; “No mundo tereis aflição”. Uma certeza! Paulo Apostolo; “Tudo tem um proposito”. Um fato! Aos Romanos declara; “A tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança”. Sempre! Rondem diz; “O problema não é sofrer é saber sofrer”. Requer entendimento!
 
O grande espetáculo se divide em ciclos. A forma como encaramos cada ciclo fará todo diferença. As aflições me aperfeiçoam me ensina a paciência. No proposito estabeleço a partir de um foco. Na experiência da provação, tribulações entendo o proposito. Nele a esperança se instala. No espetáculo da vida somos alunos, o ensino é diário. Na roda da vida, no chão da existência tudo é passageiro, vaidade já dizia o sábio pregador (Salomão). Em todo caminho há um tempo para cada coisa. Cada tempo tem sua importância, não se pula o tempo muito menos se pausa enganar então fora de questão. Em cada tempo teremos as consequências do tempo que passou. “Devemos manter os olhos no horizonte e ao mesmo tempo dominar o dia a dia”. (Jim Cosey) Atenção fixa no futuro sem desaperceber do presente, deslumbrar dias melhores, mas com os pés no chão, acreditar nos sonhos sem esquecer-se de separar o real da fantasia.      

O grande espetáculo da vida deve ser vivido sem marcaras, não há lugar para hipocrisia, ser autentico é recomendado. Andando justamente hoje de olho no amanhã, com lucidez entendo e domino as emoções, no espetáculo elas são frequentes. Os valores agregados dão credibilidade ao espetáculo, no fim recebo de volta o pão lançado sobre as aguas, não porque mereço, mas porque me fiz merecedor quando nele encontrei a vida.


A vida é um espetáculo. A vida é uma grande dadiva. A vida é uma oportunidade de servir. O psicanalista Caio Fábio ao responder uma de suas ouvintes disse algo interessante: “Vida é a única chance que temos de ser gente”  Desenvolvei a vossa salvação foi o conselho de Paulo a comunidade de Corinto. Um conselho que ecoa até hoje e deve ser lembrado pela nossa breve existência. Não por vista, mas por fé, não por força, mas pelo Espírito Santo do Eterno. Na eternidade tudo será desvendado, não preocupo de como será os desdobramentos do fim dos dias, apenas me mantenho em Cristo, descansando no colo do Pai.

A vida se significa quando adquiro a consciência que neste espetáculo a minha melhor opção é depositar diante dele cada capitulo. Nele os capítulos da nossa existência são materializados a partir da vontade de Deus. Ela é perfeita, boa e agradável. A vida é um espetáculo quando vivida plenamente entregue a Deus.

“A vida é como uma sala de espetáculos; entra-se, vê-se e sai-se”. (Pitágoras)

Que Deus em Cristo seja o nosso patrocinador neste grande espetáculo. 
Que o nosso servir seja de fato o nosso espetáculo. Deus os abençoe!

Cezar Camargo          

Inverno/Agosto – 2014 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

EVANGELHO, TRANSCENDÊNCIA E CURA

RITMO CIRCADIANO - O CICLO BIOLÓGICO DOS SERES VIVOS

AOS CASADOS A DEVIDA BENEVOLÊNCIA