TRISTEZA HUMANA (reflexão)


Tristeza ou desgosto é um sentimento humano que expressa desânimo ou frustração em relação a alguém ou algo. É o oposto da alegria. A tristeza pode causar reações físicas como depressão nervosa, choro, insônia, falta de apetite, e ainda, reações emocionais, como o arrependimento.

A tristeza pode ser originada da perda de algo ou de alguém que se tinha de muito valor ou pelo excesso de tédio; esta emoção pode ser potencializada se aquele que sofre de tristeza passa a acreditar que poderia ter feito algo para recuperar ou evitar a perda, mesmo que este algo a fazer seja na prática impossível de se concretizar, e independente da vontade do triste.

É comum a tristeza ser descrita como algo amargo, ou como uma dor, ou como sentimento de incapacidade, ou ainda como algo escuro (trevas).

A tristeza pode ser a consequência de emoções como o egoísmo, a insegurança, a baixa autoestima, a inveja, a imaturidade, o medo e a desilusão. São emoções que, quando não são tratadas logo, podem terminar gerando tristeza, ou em casos extremos a depressão nervosa; dependendo do estilo de cada pessoa, a pessoa pode desenvolver um instinto negativo (vingança, raiva).

Não apenas sintomas psicológicos são resultantes da tristeza.

Em casos de angústia prolongada o indivíduo pode passar a apresentar sintomas de hipertensão, problemas de pele e a queda e o embranquecimento precoce dos cabelos.

Também o coração pode ficar fisicamente comprometido podendo levar a vítima a quadros graves: arritmia, ataque cardíaco, entre outros problemas. 

A tristeza pode vir de fora para dentro; quando é gerada por elementos que circundam o indivíduo; ou de dentro para fora; quando simplesmente surge por uma inadaptação do indivíduo ao meio. Entretanto, apesar do estado de espírito "amargo" proposto pela tristeza, pesquisas demonstram que algumas decisões corriqueiras da vida do indivíduo, tais como àquelas relacionadas ao engrandecimento pessoal e à mudança, em grande parte das vezes só podem ser tomadas em momentos de tristeza, quando o cérebro humano tende a agir de maneira mais arrazoada, com enfoque específico, visando um determinado fim. 

Portanto, na medida em que o indivíduo triste se esforça para desempenhar suas atividades diárias, tentando manter seu equilíbrio psíquico para tanto, ele está, ainda, a providenciar as condições neuropsíquicas para a tomada de decisões providenciais e salutares para sua vida.

Escrevi muito sobre este assunto, minha mensagem continua a mesma, só Cristo pode mudar esse quadro humano, só a graça restaura a essência do ser, só o amor dele derramado em cada um pode converter esse caminho tão sofrido que é a tristeza humana. No mundo fomos avisados que teríamos aflições, que seriamos perseguidos, mas fomos confortados que ele venceu, e isso faz toda diferença.  

Toda essa consequência da tristeza destrói qualquer sonho, todo possibilidade de sucesso diminui, a vida enfraquece dando lugar ao vazio. A falta de gratidão gera insatisfação, a inquietação da alma é a falta de paz interior que só possível com a evolução Crística. 

Não assumir nosso papel que o eterno já estabeleceu no reino é caminhar de encontro ao caos. Assumir nosso lugar no plano de Deus é se revestir de todas as armas espirituais. Cristo intrínseco dentro do ser produz vida, esperança, que por sua vez emana amor em tudo e em todos. Todo angustia é extirpada, dando lugar à vida em Deus com Deus.

Dê lugar a vida, renove sua mente, reinvente o novo em Cristo, deixe o espírito da vida ser guia. PENSE NISSO

Nele que é a vida em Cristo revelada a nós para um bem maior,

Cezar Camargo, Pastor.



  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

EVANGELHO, TRANSCENDÊNCIA E CURA

RITMO CIRCADIANO - O CICLO BIOLÓGICO DOS SERES VIVOS

AOS CASADOS A DEVIDA BENEVOLÊNCIA