Tempos Do Fim


“Olhai, vigiai e orai; porque não sabeis quando chegará o tempo”.(Marcos 13:33)


Nesses últimos dias tem se falado muito sobre o fim do mundo, o final de 2012 foi tomado por sentimento nunca antes experimentado por essa geração, houve rumores de guerra no nos países do oriente, houve ameaça nuclear por parte do Irá, Coreia, China e alinhados, devido aos testes não autorizados pelos acordos firmados entre nações. Os relatórios dos cientistas alertarão a respeito de futuros eventos climáticos que possivelmente causara grande destruição neste tempo. Fórum e movimentos foram realizados ao redor do mundo no intuito de conscientizar, mas pelo que parece sem sucesso. A NASA com toda sua evolução e desenvolvimento cientifico descobriu novas estrelas e sistemas solares inimagináveis ao olho nu. Esta mesma agencia comera com toda pompa o pouso de uma maquina de bilhões de dólares enquanto na África milhares de pessoas descem a sepultara desnutridas por doenças relacionadas à falta de comida.

A desumanidade nisso tudo é o que preocupa gastam bilhões em tecnologia, mas não conseguem matar a fome. Toda essa guerra, disputa por terra, corrida espacial, desenvolvimento nuclear, avanço automotivo, novas descobertas na informática, até a mesmo a descoberta de um antidoto é feita simplesmente satisfação do EGO. As estatísticas assustam, imaginam a cada 30 segundos uma pessoa se suicida, estamos mergulhados numa roda de raminsters e não queremos sair, pois isso significa sair da zona de conforto. A busca é conforto, dinheiro, poder, posses, fama, reconhecimento público, que desgraça a ausência do espírito santo no SER.

A sociedade está mergulhada no consumismo desenfreado, a moda dita o que vestir, os meios de comunicação seja qual for insiste em determinar comportamento e o que pensar a qualquer preço. Tudo que se lê tudo o que se assiste, tudo que se ouve, vem direta ou indiretamente para manipular. Para aqueles mais místicos, além das profecias de Nostradamus, os escritos Maias causaram grande alvoroço em todo mundo, textos lotaram os sites de estudo tanto acadêmico quanto teológico. Documentários aos montes pelos canais de cientifico. Mensagens das mais diversas foram ministradas por igrejas a fora.

A impressão que tenho e uma certeza são estamos num “tempo de mudança para os tempos do fim”, a terra esta gemendo, tudo anuncia as obras do creador, tudo anuncia e nos chama a uma consciência do evangelho a partir de Cristo.

Eu lhe pergunto:
1-Com tantos acontecimentos quais têm sido suas convicções?

2-Que posturas têm tomado perante a sociedade como igreja (corpo)?

3-E como igreja (denominação) qual tem sido o papel social perante a comunidade em que está?

Bom! sua resposta vai refletir sua real essência ao pensar nisso, toda via a essência Crística é gerada pela conversão a Cristo e não a denominação. Percepção ao evangelho é ter consciência centrada nele em todo tempo.

Quanto as perguntas em questão responda para si mesmo... Na adversidade nossas convicções são colocadas à prova... Nossa postura perante a sociedade reflete o evangelho a partir de Cristo... A igreja (denominação) viva de Cristo se torna relevante quando se envolve com a comunidade em ajuda ao próximo.  Seguindo essa linha de pensamento tenho um pensamento “ser carta viva de Cristo onde for preciso a qualquer tempo e fora de tempo”.


Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir”. (Atos 1:11)

Em relação ao tempo do fim Cristo virá e não tardará. Alguns acreditam que seja antes da grande tribulação, outros durante, outros depois, enfim para mim, não importa quando vira, pois estou em Cristo e ele está em mim, para glória dele. Nossa posição neste momento da historia é anunciar o evangelho para salvação de muitos, nossa papel como corpo não é julgar e nem estipular o fim e sim ser portadores das boas novas, fazer conhecida a mensagem, através de nós fazer conhecido o Rei dos Reis Senhor dos Senhores. Todos os sinais indica o cumprimento das coisas do fim, determinada pelo eterno através dos seus servos a humanidade.

Palavras de Marcos o evangelista; “Olhai, vigiai e orai; porque não sabeis quando chegará o tempo”.

Mantenha seu olhar na cruz, mantenha sua visão no evangelho, mantenha-se no caminho. Somos refletores da graça, farol da justiça, guia para os perdidos. Em meio ao caos, apostasia presente em todo lugar, igrejas (denominação) corrompidas, o mundo clama por profetas, por amor, por misericórdia por uma mão estendida.

“Nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios”.(1 Timóteo 4:1)

Se existe um tempo para igreja ser diferencial e realizar algo plenamente relevante este é o tempo. Tempo de sairmos dos templos, de casa, do conforto, retornar ao primeiro estagio da fé, aquele amor devorador, que nos consumia por dentro a ponto de não descansarmos enquanto não evangelizasse alguém. Paulo quando escreve a Timóteo foi usado pelo espírito da verdade, doutrinas e espíritos enganadores vem bombardeando a sã doutrina de evangelho(graça),  somente uma vida no espírito, revestidos da armadura poderemos ficar firmes no Cristo ressurreto. Tempos do fim, você está preparado para o encontro? Seja como for, quem esta nele está seguro do encontro, quem vive em Cristo, tanto faz morrer ou viver.

“Quem vive em Cristo vive uma vida relevante a todos a sua volta sem fazer acepção de pessoas”.

A igreja em todo mundo tem passado por dias difíceis, oremos por ela, em todas as esferas da sociedade, clama por um retorno aos bons costumes, a verdade, a integridade, a preservação da família. A igreja (denominação) precisa urgentemente se unir.

“somente o espírito santo pode unir pessoas” O modelo de Atos precisa ser resgatado, o corpo de Cristo precisa tomar seu lugar no reino do eterno, ao ler essa carta que você seja constrangido pelo espírito santo a orar, jejuar, consagrar, somente homens e mulheres de oração poderão fazer a diferença neste tempo do fim.  Sejam luz e sal da terra, manejem bem a palavra, seja a boca de Deus neste tempo, tenha respostas para este tempo do fim. Quem anda com Deus, tem resposta, tem percepção do Cristo que está vivo e voltará, pode ser a qualquer momento, para qualquer um de nós. A meu respeito posso dizer, não porque sou melhor, mas porque sou dependente da graça do pai. Enquanto respirar sou grato por ser o que sou, não almejo materialidade, apenas ser o que tenho que ser nele, por ele, para ele, para glória dele.

Amados irmãos, vocês esta entendendo seu tempo?
“Conhecendo o tempo, que já é hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé”. (Romanos 13:11). 

Precisamos ser a igreja que Cristo quer que sejamos, o tempo é agora, nosso papel é ser evangelho, quem muda é a palavra, nós apenas anunciamos a doce mensagem, ela não condena, mas tira da lei do pecado, liberta, justifica e da vida eterna.

Não seja juiz, seja evangelho vivo, seja carta viva... Não seja juiz, seja alguém que pode ser seguido... Não seja pedra de tropeço seja pedra de ajuda...

Tempos do fim, reflita, pense, faça suas reflexões, ajude, dê suporte, seja confiável a todos, seja humano, seja gente como Jesus foi, seja discípulo da orelha furada, seja santo.

Que o eterno abençoe a todos, naquele que é creador de tudo e de todos, que ao mesmo tempo habita dentro de cada ser. Pelo seu poder onisciente, onipresente conhece a todos, sabe que somos pó; nós amou antes de tudo.

Temos pouco tempo, aproveite cada segundo, Jesus esta voltando!

Cezar Camargo, Pastor.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A Páscoa, a Cruz e a Redenção

Individuação, Alta Performance & Evangelho

RITMO CIRCADIANO - O CICLO BIOLÓGICO DOS SERES VIVOS