Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

RIPCHIP - O RATINHO GUERREIRO MEDIEVAL DE C.S LEWIS

Imagem
"Se te mostrares fraco no dia da angústia, é que a tua força é pequena".  (Provérbios 24:10) 
Em o “Peregrino da Alvorada” filme extraído da obra literária de C.S Lewis, encontramos o pequeno ratinho Ripchip que nos ensina que muitas vezes os fracos e humildes são chamados para assumir grande responsabilidade, desafios que já estão no campo das impossibilidades. Em Ripchip está certo que o “humilde pode alcança a grandeza”. Um ratinho que percebe que tem uma grande vocação mesmo não entendo explicitamente. Ele desenvolve tarefas no qual tem grande paixão realizá-la. Sua motivação está em cumprir sua missão e não em glória ou fama. Em seu coração arde e doce expectativa de chegar ao “Fim do Mundo” e encontrar o “País de Aslan”. Ele é um cavaleiro medieval um “rato guerreiro” que reúne coração e pureza. Este por sua vez não age com bravura e nobreza de vez em quando, ele é corajoso, e isso molda todos seus julgamentos e ações.  
Ele se enquadra neste quesito virtude. A virtude é …

SUA ALEGRIA, MINHA ALEGRIA

Imagem
Alegrai-vos com os que se alegram” (Paulo aos Romanos)   
No original seria; “regozijando-se com pessoas que regozijam” Aqui se expressa a simpatia da graça cristã. Quanto mais cheio de Cristo mais agiremos simpaticamente. Se alegrar, estar em regozijo com o outro é ter derrotado dentro si todo orgulho, todo sentimento egoísta da vida. Se alegrar requer uma atitude altruísta.          
Estes dias um colega italiano muito feliz me disse que estava sendo transferido para os Estados Unidos a trabalho, sua alegria era contagiante. Então olhei firme para ele e disse: “Estou feliz com você, por esta conquista, que Deus confirme seu caminho naquela terra”. Eu percebi que esta minha declaração lhe tocou muito, ele ficou me olhando sem saber o que responder. Assim com um sorriso nos despedimos. Sua expressão me fez refletir o resto do dia. Em geral se ouve: “Fico feliz por você”.
Se alegrar com os que se alegram! Pois bem precisamos aprender a celebrar as conquistas do outro, seja quem for nosso…